FISL9.0

Estive no FISL8.0 este ano e vou lhes dizer o que eu quero ver no próximo…

  • Eu espero que no FISL9.0 eu consiga me conectar à rede Wi-Fi.
  • Também espero palestrar em salas com isolamento acústico ou pelo menos que esteja bem longe do stand da Utah e a sua gritaria mal-educada que aconteceu durante a minha palestra.
  • Queria ver mais coisas legais como o OLPC ou a oficina do Etienne de La’Croix que produziu uma bateria eletrônica com embalagens de iogurte e cabeças de HD. Muitas e muitas crianças com seus laptops.
  • Queria ver palestrantes mais bem preparados para se apresentar. Tanto nos aspectos técnicos quanto nos aspectos gerais de uma apresentação.
  • Quero que a palestra do Jono Bacon seja no mínimo igual à desse ano.
  • Quero ver o stand da Fundação Python Brasil reunindo a turma do Python, Zope e Plone. Esse ano a gente acabou esquecendo de pedir um espaço para nós.
  • Quero ver mais Ruby, mais Python, mais Lisp, mais código fonte, menos cases privados, menos cases públicos, menos Java… muito menos Java.
  • Quero um evento mais acessível com lugares para se alimentar de forma decente.
  • Quero rever os amigos e fazer novos amigos.
  • Quero ver a Tempo Real esgotar as camisetas de Python, Zope e Plone mas também quero ver eles venderem muitos livros e acessórios. Principalmente livros de Python (que estarão disponíveis em inglês *e* português).
  • Também quero ver muitas pessoas contando como a III PyConBrasil em Joinville (que ocorre no dia 30 de agosto desse ano) foi o melhor evento de suas vidas.
  • Quero ouvir as histórias boas sobre os bons projetos que a turma da Simples Consultoria desenvolve. Quero ver a PyTown e o Xiru estourando a boca do balão. O Fabio Rizzo atolado até o pescoço de bons trabalhos. E que essas empresas consigam contratar bons programadores Python para trabalhar.
  • Quero que a organização do evento tome mais cuidado com a divulgação das informações sobre mudanças na grade de programação e sobre o funcionamento das outras atividades (como as oficinas). E que o site não suma com os curriculums de alguns palestrantes excelentes como aconteceu esse ano. Isso fez com que suas propostas fossem recusadas.
  • Quero ver o notebook que o Dorneles ganhou na Arena.
  • Quero ter tempo para enviar notícias para o br-linux do Augusto e quem sabe acabar ganhando um dos prêmios que ele costuma distribuir para quem lhe envia informações sobre o evento.
  • Espero gastar outra pequena-fortuna-em-dinheiro comprando livros sobre Turbogears (esse eu já comprei e estou gostando), Django, Python e desenvolvimento em geral.
  • Espero ter pelo menos umas 20 idéias de palestras e apresentar pelo menos 1.
  • Espero que as camisetas “G” estejam maiores ou que eu esteja menor para caber adequadamente dentro delas.
  • Aquele monitor de 24″ da Sun também não seria de todo mal.

É isso. Como vocês podem ver eu não quero muita coisa 🙂

Parabéns ao FISL8.0.

Publicado por

Osvaldo Santana

Desenvolvedor Python e Django, Empreendedor, dono de uma motocicleta esportiva, hobbysta de eletrônica, fã de automobilismo e corinthiano